Informações Importantes, Planejamento

10 perguntas e respostas sobre os novos protocolos de segurança em voos pós Covid-19

Foto: Melhores Destinos

Olá viajantes, tudo bem? Esses dias li uma matéria no site Panrotas a respeito de protocolos de segurança em voos pós Covid-19. O portal entrevistou o diretor de Segurança Operacional da Gol, Danilo Andrade e como achei muito interessante, resolvi trazer aqui para vocês um resumo das principais dúvidas abordadas em relação às viagens de avião no cenário atual de pandemia. 

Vamos, lá?

Com a retomada dos voos comerciais e até mesmo a retomada da vida “normal”, com pessoas precisando viajar por motivos de trabalho, há um crescente medo e insegurança com relação aos voos comerciais. A primeira coisa que vêm à cabeça é: “Deus me livre me enfiar dentro de um avião com aquele ar parado por horas!” Mas será que esse medo procede?

Na entrevista realizada, o diretor de segurança operacional da Gol, revelou os procedimentos que o passageiro precisará adotar para realizar uma viagem de avião, quais os deveres e cuidados que todos têm de tomar e muito mais.

Em tempo

Antes de mais nada, quero deixar claro que não recomendo, nem incentivo ninguém a viajar por enquanto, a não ser que haja um motivo real e justificável, como trabalho ou saúde.

10 perguntas e respostas sobre os novos Protocolos de segurança em voos pós Covid-19

1. As bagagens passam por algum tipo de higienização antes ou depois do voo?

Não, mas os funcionários que a manuseiam estão usando luvas e máscaras e há álcool em gel à disposição. Desde o dia 1º de julho é disponibilizado álcool líquido para os clientes nas áreas de restituição de bagagem para limpeza das alças das malas.

2.Como está sendo o embarque dos voos. Quais passageiros entram primeiro e por quê?

Há marcações no piso dos portões de embarque para garantir o distanciamento social. O embarque segue como anteriormente, por grupo, a partir das prioridades por lei e clientes Smiles/premium. Já o desembarque, por meio de uma solicitação dos comissários em todos os voos, está sendo por fileiras, começando das dianteiras para as traseiras.

3. O uso da máscara a bordo é obrigatório?


Sim, o uso da máscara é obrigatório por tripulantes e passageiros durante todo o voo, com exceção das crianças com menos de dois, pessoas com necessidades especiais e deficiência cognitiva.

4. Como está sendo o serviço de bordo? O passageiro pode retirar a máscara?

A Gol suspendeu temporariamente o serviço durante o voo. é servido água sob demanda e no momento do desembarque um snack é entregue para cada passageiro.

*** Em empresas que mantiveram o serviço de bordo, o passageiro pode retirar a máscara somente no momento da refeição.***

5. Qual é a frequência de higienização de assentos e carpetes da aeronave? 

Na Gol há dois tipos de higienização, sendo uma que ocorre a cada etapa do voo, inclusive em escalas, onde há o desembarque dos passageiros para que a equipe possa fazer a higienização das superfícies de contato, paredes, saídas de ar, além de braços e encostos do assento. Após a jornada, a aeronave passa por uma outra limpeza, mais aprofundada e que inclui também galleys e as cabines de passageiros e comando.

*** Nota da Dani: Algumas companhias, com a Delta Airlines implementou uma técnica de nebulização com um desinfetante altamente eficaz, semelhante ao usado nos hospitais, portanto seguro para respirar imediatamente após o uso. Desde maio todas as aeronaves da empresa são nebulizadas antes de cada voo.***

6. Há álcool em gel disponível no interior das aeronaves?

Sim, em todas as aeronaves há álcool em gel. Há um dispenser próximo à galley (área de serviço) dianteira e também sempre que um cliente solicitar.

7. Há algum cuidado extras que o passageiro precise tomar dentro do avião?

Não, os cuidados são os mesmos que devem ser tomados no dia a dia, como uso de máscara, álcool em gel e higienização das mãos.

8. Corro um risco maior de me contaminar dentro da aeronave por causa do ar “parado”?

Isso é mito. O ar da aeronave não é “parado”, ele é renovado a cada três minutos, é filtrado e devolvido para a cabine (pelo sistema de filtros HEPA,  que captura de 99,9% de partículas microscópicas, como bactérias e vírus, ao promover a renovação do ar do avião). Tanto que, segundo estudos da Iata e Icao (Organização Internacional da Aviação Civil) não existe evidência que o distanciamento na aeronave seja efetivo. A forma como o ar circula dentro de um avião não favorece o deslocamento de partículas e contaminantes, incluindo a covid-19, entre fileiras de passageiros. Não há movimento dessas partículas, da frente para trás e vice-versa.

9. Posso passar o meu próprio gel no encosto, no braço e no meu próprio assento?

Não é recomendado que clientes passem álcool em seus assentos, por diversos motivos. Um deles é por não ser o produto recomendado pelo fabricante (no caso da Gol, a Boeing). Além disso, isso pode deixar o assento menos confortável.

***Nota da Dani: eu SEMPRE passei lenço desinfetante/antisséptico na mesa, muito antes desse caos! Acho que agora, mais do que. nunca, não custa!***

Aqui cabe uma observação: Vale ressaltar que apesar do álcool em gel ser um item permitido na bagagem de mão, desde que não ultrapasse 500 ml, o álcool líquido é proibido e será barrado no raio-X.

10. A saída de ar em cima das poltronas deve ficar aberta ou fechada?

A utilização da saída de ar depende da conveniência e vontade de cada passageiros. Elas estarem abertas ou fechadas em nada vão afetar a circulação e o fluxo do ar na aeronave.

Dicas para quem precisa voar

No aeroporto:

  • Não esqueça o álcool gel, que deve estar em uma embalagem de no máximo 100 ml. Lembrando que álcool líquido não é permitido.
  • Leve saquinhos plásticos tipo zip lock caso precise colocar itens que não possa higienizar imediatamente, como seu documento de identidade.
  • Já retire relógio, cinto e celulares e guarde dentro da bolsa ou bagagem de mão antes de passar no RX. Assim, você não precisa colocar esse ítens na bandeja. Depois que passar pelo RX, pode colocá-los novamente.
  • Procure fazer o checkin online e usar os canais digitais da companhia aérea.
  • Se comprar algo no aeroporto higienize as embalagens, quando possível.
  • Respeite o distanciamento social! Se houver marcação no solo, fique nos locais indicados, se não houver mantenha a distância mesmo assim! Pense no próximo!
  • Na hora de pegar a bagagem na esteira, limpe as alças e toque apenas nelas se possível.

No avião

  • Leve lenços umedecidos desinfetantes e antissépticos para passar na mesinha, saída e controle do ar, janela, encosto e braço do assento. Pode ser que os comissários não permitam passar álcool gel para não danificar o avião.
  • Evite ao máximo tocar na boca, nariz e olhos. Isso vale para qualquer local, ok?
  • Obedeça às regras das autoridades aeroportuárias e das companhias aéreas quanto a momento do embarque e desembarque, uso de máscara, distanciamento, higiene, entre outros.
  • Não se levante assim que a aeronave aterrissar. Lembre-se que o desembarque agora é por fileiras e à comando dos comissários.
  • Só retire a máscara quando for comer ou beber alguma coisa, e caso tenha levado sua comida/bebida, pergunte a um comissário se pode se alimentar e assim, tirar sua máscara.

Obs 1: Verifique a política de bagagem de mão. As bagagens de mão estão sendo limitadas em alguns voos. Na Emirates e na Air Asia, por exemplo, só estão sendo permitidos na cabine notebook, bolsa, maleta de mão ou itens de bebê. Todos os demais itens precisam ser despachados. No Brasil, ainda não há nenhuma restrição nesse sentido.

Obs 2: Máscara é para cobrir nariz e boca, ok? Nada de ficar com ela no queixo!


Siga o blog também nas redes sociais!


Bom, esse foi o resumo da entrevista que o diretor de Segurança Operacional da Gol, Danilo Andrade deu para o portal Panrotas, com os pontos que achei mais importante destacar.

Se houver alguma atualização nos protocolos de segurança de voo, venho contar para vocês por aqui. Enquanto isso, fiquem ligados nas nossas redes sociais!

Se quiser mais informações sobre os voos no Brasil, confira o post Quando voltam os voos internacionais ao Brasil?

Beijos e até o próximo!

(2) Comentários

  1. Dani, outro detalhe é que o desembarque das aeronaves esta sendo feito por filas.
    Aquela historia de todos em pé, não existe mais.

    1. Aliás, isso poderia ficar para a vida! Me irrita aquele povo que já levanta e o avião ainda nem parou!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: