Vila Velha – Morro do Moreno

Por - Categoria: Espirito Santo

Amigos Viajantes,

Hoje vamos falar de um ponto turístico da minha cidade, I-M-P-E-R-DÍ-V-E-L!!!!

O Morro do Moreno é um dos lugares mais conhecidos de Vila Velha. Tem 274 metros de altura!

       

Você consegue vê-lo de vários pontos da cidade, da 3ª ponte a vista é linda pois de um lado temos o Morro do Moreno e do outro o Convento da Penha.

O acesso ao Morro do Moreno pode ser feito de dois modos: a estrada e a trilha.

Pela estrada podem subir a pé, com veículos 4×4 e até de bicicleta.

Com as chuvas do final do ano passado que  atingiram nosso Estado, o acesso através da estrada, que é de terra, ficou complicada, porque as pedras existente por baixo da estrada começaram a aparecer, então ir de carro ficou difícil.

A estrada é mais indicada para as pessoas que querem ir mais rápido, que tem medo e/ou não conseguem fazer a trilha e pessoas com crianças.

A trilha é mais indicada pra quem gosta de aventura!

Uma dica importante é  sempre ir em grupo, para que um ajude o outro, e ter alguém que já conhece  o caminho.

No começo da trilha já dá pra perceber o que vem,  muitas pedras  para conseguir chegar lá em cima. É tranquilo, mas tem que tomar cuidado só para não escorregar caso as pedras estejam molhadas.

Algumas partes são mais fáceis, tem partes com subidas normais que parecem degraus. E outras partes bem complicadas, por exemplo, tem parte que para conseguir ter acesso ao resto da trilha, nós precisamos subir uma pedra segurando na raiz de uma árvore,  pois conforme a subida, a raiz fica muito perto da pedra e tem que ter um pouco de força.

Quando nós fomos a pedra estava molhada e nós estávamos de tênis, então, usamos uma outra raiz que eu achei mais fácil de subir. Apoiei com o joelho e subi.

Dica:

A dica aqui é  deixar um homem subir primeiro, que já conhece, e ele ajuda todo mundo lá de cima.

Depois é bem tranquilo e é só ir subindo devagar. Não esqueça sempre de ir olhando onde pisa para não pisar em pedras soltas, e onde apoia a mão.

A parte da trilha é um pouco mais demorada e cansa bastante. Porém a vista de certos pontos é linda, vale muito a pena.

A vista é de tirar o fôlego e vale muita pena o esforço e o suor durante a trilha!

E aí gostaram?

Minha grande amiga Nat, obrigada pela ajudaaaaa. Te adoro!

Para maiores informações sobre turismo no estado, consulte aqui.

Comments

comments

Jannayna Oliveira

Oieeee, eu sou Jannayna, capixaba, casada, mãe de um rapaz de 6 anos, advogada de profissão, sonhadora de vocação e viajante de coração. Não sou nada talentosa igual minhas amigas aqui não, e ainda sou mega desorganizada, kkk, aliás só sou metódica quando o assunto é VIAGENS!!! Demoro horrores até decidir meu roteiro, quero que tudo fique perfeito, tirando o máximo de proveito do lugar onde eu vou…e no fim, ufa, consigo!!! Aliás, esqueci de dizer, só falo português, arranho um inglês tão fajuto que meu filho de seis anos fala melhor do que eu, mas sou bem arrojada, corajosa e adoro uma aventura. Costumo dizer que para viajar basta o passaporte o resto a gente dá um jeito!!! Então espero ajudar a quem, como eu, adora planejar tudo sozinha, ama viajar nas viagens dos amigos….

Veja mais postagens desse autor →